Jim Lee a revolução dos anos 90!

Por Ocusteleta

Nascia no dia 11 de agosto em Seul, na Coréia, um dos caras que mais revolucionou a forma de desenhar quadrinhos nas ultimas décadas. Sim, eu estou falando de Jim Lee, o desenhista que inspirou muita gente que estava começando na época, além de ter desenhado uma boa parte das duas maiores editoras de quadrinhos do mundo.

20080527185616!Jim_Lee

Lee desenhava desde pequeno, mas antes de pensar em se tornar quadrinhista, ele quis seguir o bom e seguro caminho familiar da medicina, que ele chegou a estudar por alguns anos até concluir, mas não decolou como médico, o que fez com que voltasse a rabiscar os papéis feito louco, tentando dessa vez fazer o que realmente gostava.

Em 1986 consegue seu primeiro trabalho como arte finalista de uma revista, mas foi em 1987 que conseguiu sua primeira oportunidade de ouro ao conseguir mostrar seu portfolio em uma convenção para ArchieGoodwin da Marvel Comics, que lhe conseguiu um teste de seis paginas. A partir desse momento começa a saga desse desenhista.

Jim já começou logo de cara em um grande titulo, o “Alpha Flight”, com ninguém menos que Wolverine. A partir daí sua arte foi ganhando destaque na editora fazendo com que ele pegasse X-Men, que passou a vender milhões. Se tornou um dos desenhistas favoritos dos fãs dos mutantes da Marvel ficando nesse titulo por anos, intercalando com outros títulos.

X-Men-JimLee-Poster-Tribute08

xm111516

Em 1992, buscando maior liberdade criativa, cria com Todd Mcfarlane, Rob Liefeld, Mark Silvestri, Erik Larsen, e Jim Valentino, todos artistas da Marvel insatisfeitos com a falta de liberdade criativa da editora, a ImageComics, que foi uma explosão de vendas na época. Voltando a desenhar para a Marvel a série “HeroesReborn”, na qual ele e Rob Liefield ficaram responsáveis por alguns personagens importantes da editora. Jim ficou responsável por Quarteto Fantástico e Homem de Ferro, que imediatamente se tornaram sucessos de venda, diferentemente do Capitão América e Vingadores de Liefield, que não tiveram muito sucesso devido ao desenhos meio controversos.

WildCats-30-last-Wildstorm-comic-book

Wild Storm

Em 1998 vendeu os personagens que criou na Image para a DC Comics, começando a trabalhar com essa editora e pegando bons títulos. Em 2001, desenhando um dos mais icônicos quadrinhos do Homem-Morcego, “Batman – Silencio” com Jeph Loeb, os seus desenhos tornaram-se referência por vários anos para histórias do Batman em várias mídias diferentes.

jim lee batman

jim_lee_superman

Foi um dos idealizadores do reboot da DC, os “Novos 52”, ficando responsável por desenhar a Liga da Justiça por várias edições até assumir os desenhos de Aquaman, que estava sendo desenhado pelo brasileiro Ivan Reis.

A arte de Jim Lee não seria nada sem seu amigo e arte finalista Scott Willians que deixa os desenhos de Lee mais característicos a ele do que nunca.

Anúncios

A arte unica de Tim Sale

Por Ocusteleta

Não sei se vocês conhecem esse desenhista, mas ele tem uma das artes mais marcantes das HQs atualmente. Não por perfeição, mas pelo seu traço simples e estilizado que muitas vezes transfigurou personagens inesquecíveis com sua arte.

Tim

Tim Sale

Tim Sale nasceu no dia 1º de maio de 1956 em Nova York, onde estudou Artes Visuais, passou boa parte da sua vida em Seattle, e hoje vive no Sul da Califórnia.
O que mais marca seu trabalho é o aspecto dramático que ele consegue obter na caracterização de seus personagens e nos cenários que ele cria, tornando as historias únicas e imortalizando personagens que ganham essa pequena dádiva de suas mãos.

catwoman___tim_sale_by_deg0g4rc14-d303tle

Mulher gato por Tim Sale

Tim foi ganhador do premio Eisner de quadrinhos com JephLoeb, parceria que rendeu ótimas histórias com grandes personagens como Batman, Mulher-Gato, Superman, Homem-Aranha, e Demolidor. A união da arte de Sale com a narrativa envolvente de Loeb tornou-se o casamento perfeito para tramas de mistério.
Um dos personagens mais marcantes trabalhado por Sale foi Batman, a qual ele desenhou “O Longo Dia das Bruxas”, “Vitoria Sombria”, “Dia das Bruxas”, e também “Mulher-Gato – Cidade Eterna”. Ele conseguiu transfigurar de uma forma totalmente palpável a aura sombria de Gotham e do seu Cavaleiro das Trevas.

untitled

Batman: O Longo Dia Das Bruxas

Em seus trabalhos com Loeb é destacada a narrativa dos primeiros anos dos super-heróis e são trabalhados momentos de lembranças com voltas no passado emocional e infância dos personagens.

jeph-loeb-tim-sale-demolidor-amarelo-saga-completa_MLB-O-172495797_6954                   images

Além dos trabalhos com Batman, outros dos mais conhecidos do desenhista são: “Superman: As Quatro Estações”, “Demolidor Amarelo”, “Homem-Aranha Azul”, “Grendel” e “Wolwerine e Gambit: Vitimas”. Também foi consultor criativo da série Heroes.

250px-Superman_for_All_Seasons

Superman: As Quatro Estações

Uma curiosidade sobre Tim Sale é que ele é daltônico portanto suas artes são coloridas digitalmente. Seus trabalhos são sempre caracterizados pelas cores marcantes que os coloristas empregam.

Mary_Jane_by_Tim_Sale_by_northchavis